+55 (11) 3040-3000 faleconosco@ciatur.com
+55 (11) 3040-3000 faleconosco@ciatur.com

Descubra as belezas do Cabo da Boa Esperança

Uma das atrações imperdíveis da África do Sul é o Cabo da Boa Esperança, local onde os oceanos Índico e Atlântico se encontram. Ele é um dos principais pontos turísticos da região de Cape Town, também conhecida como Cidade do Cabo.


O que torna esse passeio maravilhoso não é só as belezas naturais encontradas no Cabo da Boa Esperança, mas tudo o que você pode fazer no caminho até lá. Esse lugar fica em uma área de preservação natural, a aproximadamente 70 km de Cape Town.


Para ir de um local a outro, você passa por cenários incríveis e pode fazer atividades inesquecíveis.


Conheça a história do Cabo da Boa Esperança


Cabos são formações rochosas cercadas por oceanos que se estendem pelo continente. O Cabo da Boa Esperança é um dos mais conhecidos do país, principalmente por ter sido um ponto estratégico das rotas comerciais europeias para o Oriente.


O local ficou notório pelos naufrágios frequentes no século 15 que impactaram a rota marítima na região. O primeiro a cruzar o Cabo da Boa Esperança foi o português Bartolomeu Dias, que apelidou o lugar de Cabo das Tormentas, justamente pelas dificuldades encontradas pelos navegadores.


Como chegar ao Cabo da Boa Esperança


Para chegar a esse lugar, há duas opções de acesso para quem visitar a Cidade do Cabo: por trilha ou carro. O passeio de trilha é mais indicado para aventureiros, pois alguns trechos do percurso ficam próximos de precipícios. Já quem escolher ir de carro poderá acessar as atrações com facilidade, passando pelas praias da região.


Caso o transporte não esteja incluído no tour escolhido por você, é possível alugar um carro. Essa opção garante mais flexibilidade, pois paradas podem ser feitas quando e onde for melhor para você conhecer o Cabo da Boa Esperança e as outras atrações da região, mas lembre-se: lá é mão inglesa, ou seja, o motorista se senta no lado direito do veículo e isso merece um cuidado especial.


Chapman’s Peak Drive


O passeio pelo Cabo da Boa Esperança pode incluir a passagem pela Chapman’s Peak Drive. Você vai perder o fôlego com as paisagens dessa estrada, que tem 9 km e 114 curvas.


Existem diversos pontos de parada, incluindo o Chapman’s Peak, que é onde a vista do mar é bastante ampla. Sua característica mais marcante é a presença de paredões de pedras e túneis com vista para o mar.


Apesar de ser o caminho mais longo até o Cabo da Boa Esperança, vale cada minuto e permite que se observe o pôr-do-sol de pontos fantásticos. Não faltam mirantes para pelo caminho!


Você também pode aproveitar o Chapman’s Peak para realizar inúmeras atividades que atraem turistas do mundo inteiro. Além de conhecer restaurantes e fazer picnics em cenários deslumbrantes, é possível passar momentos muito divertidos andando de sidecar.


Cape Sidecar Adventure


Quer se sentir em um filme clássico de aventura? Então não deixe de fazer um passeio de sidecars, aquelas motocicletas militares bastante usadas durante a Segunda Guerra Mundial. Esses veículos de três rodas são conduzidos por uma pessoa e contêm um dispositivo lateral para outro acompanhante passear junto.


A Cape Sidecar Adventure oferece esse serviço desde 2005. Ao realizar o passeio, você vai conhecer as belas praias de Cape Town de um jeito bem diferente e divertido.


Fauna do Cabo da Boa Esperança


Para chegar até o Cabo da Boa Esperança, os visitantes precisam passar por caminhos onde podem conferir a rica fauna da região. A sensação é parecida com a de explorar um safári. É possível ver animais típicos de lá, desde avestruzes até babuínos. Baleias também compõem a fauna local, sendo vistas com mais frequência em Cape Point em determinados períodos do ano.


E visitar a região sem passar pela Boulders Beach não é a mesma coisa. Essa praia é uma parada obrigatória por abrigar uma colônia com mais de 2.000 pinguins. Esses animais vivem lá porque é um local com areias seguras e protegido do vento.


Boulders Beach fica em Simons Town, a cerca de 1 hora do centro da Cidade do Cabo. Basta pagar uma taxa de acesso para conferir de perto a concentração de pinguins.


Lembre-se: você é o visitante e ao ficar perto de animais típicos da região, principalmente os babuínos e pinguins, nem pense em se aproximar. Muito menos tente tocá-los: o contato com humanos pode resultar em agressividade.


Placa do Cabo da Boa Esperança


Quando chegar ao Cabo da Boa Esperança, você verá uma das principais atrações do local. Estamos falando da placa em inglês e africâner com a inscrição “Cabo da Boa Esperança – o ponto extremo do Sudoeste do continente africano” e a latitude e longitude do lugar.


Passar pela placa e não tirar fotos nem apreciar o mar é como ir ao Rio de Janeiro e não visitar o Cristo Redentor ou o Pão de Açúcar. Depois de tirar fotos, termine o passeio subindo o costão para observar o mar e visite os faróis que foram importantes para a época das navegações.


Quer descobrir as belezas do Cabo da Boa Esperança pessoalmente? Fale conosco e organize sua viagem!

Leave a Reply