+55 (11) 3040-3000 faleconosco@ciatur.com
+55 (11) 3040-3000 faleconosco@ciatur.com

Serra da Capivara 2019

0
Solicite mais informações
Solicite mais informações

Save To Wish List

Adding item to wishlist requires an account

405
Detalhes do Roteiro

O Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, abriga uma das maiores concentrações de sítios arqueológicos pré-históricos das Américas e uma das maiores quantidades de pinturas primitivas sobre rocha do mundo. Patrimônio Cultural da UNESCO, esse espetacular museu a céu aberto com belíssimas formações rochosas e mais de 700 sítios catalogados possui uma estrutura de excelente nível e acessibilidade.

Saída em 28/04/2019

 

preço por pessoa em acomodação dupla a partir de

A partir de R$ 4.260 ou
Entrada de R$ 1.485 + 5x R$ 555

 

Consulte-nos para saber:
– Valores e condições de pagamento da parte aérea
– Valores adicionais de traslado privativo em caso de voos diferentes do grupo

Preço inclui

  • Acompanhamento de especialistas da Equipe da Arqueóloga Niède Guidon
  • Anfitrião
  • Acompanhamento de guias locais
  • 1 noite de hospedagem em Petrolina, incluindo café da manhã
  • 5 noites de hospedagem em são Raimundo Nonato, incluindo café da manhã
  • Visita com degustação na Vinícola Ouro Verde
  • Entradas aos locais conforme especificado no roteiro
  • Transporte privativo para o grupo somente para os deslocamentos previstos no roteiro
  • Transfer IN: aeroporto de Petrolina para hotel em Petrolina para o grupo*
  • Transfer OUT: São Raimundo Nonato para aeroporto de Petrolina para o grupo*
  • Transporte privativo para o grupo (somente para os deslocamentos previstos no roteiro)
  • *Para horários de voos diferentes do grupo, consulte-nos sobre suplemento de traslados*
Itinerário

Legenda de refeições inclusas

C = Café da manhã
A = Almoço
J = Jantar

Dia 1 – 28/04/2019 | São Paulo – Petrolina (-/-/-)

Embarque com destino a Petrolina. Chegada a Petrolina-PE, e traslado ao hotel.

Dia 2 – 29/04/2019 | Petrolina - Cel. José Dias (C/-/J)

Após o café da manhã, traslado de aproximadamente 5 horas até a cidade de Cel. José Dias-PI. No caminho conheceremos a belíssima Vinícola Ouro Verde, do Grupo Miolo. Localizada nas imediações do Rio São Francisco, ela produz a premiada linha de vinhos Terranova. Após a visita e degustação seguiremos para a cidade de Cel. José Dias e será uma ótima oportunidade de observar a bela paisagem do agreste brasileiro.
Ao chegar, seremos acomodados em nossa pousada e após o jantar assistiremos a uma palestra de Rosa Trakalo, uma das responsáveis pelo desenvolvimento econômico da região. Rosa Trakalo trabalha há muitos anos com Niède Guidon e desenvolve projetos para a sustentabilidade do Parque Nacional Serra da Capivara.

Dia 3 – 30/04/2019 | Cel. José Dias – Serra da Capivara (C/A/J)

Após o café da manhã bem cedo, saída para o primeiro dia de visita. Hoje vamos percorrer a Serra da Capivara e dedicar o dia para explorar o “Desfiladeiro da Capivara”, passagem utilizada desde os tempos pré-históricos pelas populações locais. Diversos sítios arqueológicos e pinturas rupestres poderão ser observados ao longo do caminho, principalmente pinturas que retratam cenas da vida cotidiana e as cerimônias dos grupos humanos que habitavam a região. Parada para almoço na pousada e descanso. À tarde, junto à pousada, visita à Fábrica de Cerâmica, uma das joias da comunidade local e responsável por mostrar para o mundo, por meio de cópias, as pinturas rupestres da Serra da Capivara. Na sequência, volta ao Parque e ao Desfiladeiro da Capivara, para ampliar o panorama desses sítios arqueológicos. No final da tarde, retorno à pousada e jantar.

Dia 4 – 01/05/2019 | Cel. José Dias – Serra da Capivara (C/A/J)

Após o café da manhã, saída para a Serra Branca, localizada a noroeste do parque. O circuito é composto por 150 sítios arqueológicos, sendo que 16 deles estão em condições de visitação, com estrutura adequada e passarelas que permitem ao turista chegar bem perto das pinturas. Este sítio guarda características únicas, pinturas rupestres com formatos e estilos diferentes, onde exploraremos suas “tocas”. Ainda na Serra Branca, há a Trilha dos Maniçobeiros. No início do século XX o Estado do Piauí viveu um período de prosperidade econômica com a exploração do látex de maniçoba para a fabricação da borracha, especialmente em áreas onde se encontram hoje o Parque Nacional Serra da Capivara. Pessoas vindas de outros estados e de municípios da redondeza faziam das tocas encontradas no local, antes ocupadas por povos pré-históricos, suas moradias, convivendo com vestígios arqueológicos, reocupando a área e construindo um novo espaço, com novos simbolismos e adaptações culturais. Toda essa experiência de vida estabelecida desde o plantio até a comercialização do látex da maniçoba constituiu uma forma de vida única, estabelecida apenas nessa região, gerando um patrimônio cultural material e imaterial singular. Usavam matérias primas encontradas na própria natureza para a criação de situações de interação social, constituindo um modo de viver que não existe mais. Para fabricar os instrumentos de trabalho, moradias, calçados e utensílios domésticos, os maniçobeiros se apropriavam do que a natureza lhes oferecia, transformando e adaptando os materiais de que dispunham no seu dia-a-dia. À tarde, já no caminho de retorno visitaremos o Baixão das Andorinhas, região conhecida pelo espetáculo da revoada das andorinhas, onde é possível observar o retorno de milhares dessas aves para dormir no cânion, seus ninhos naturais. Almoço na região do Novo Zabelê (assentamento da comunidade que foi obrigada a sair das terras que ocupavam quando o Parque foi criado). Retorno à pousada e jantar.

Dia 5 – 02/05/2019 | Cel. José Dias – Serra da Capivara (C/A/J)

Após o café da manhã, a caminho da Serra Talhada, no local que abriga o contexto histórico da Trilha Hombu, que na língua JÊ significa: “Venha ver, venha comigo”, caminho onde a vegetação recebe influência do Rio São Francisco e teve uma ocupação humana ao longo de séculos. O almoço será no Sítio do Mocó, em restaurante que serve uma típica comida local. Em horário apropriado, visita ao Museu do Homem Americano. Idealizado para expor todo o material pesquisado ao longo de mais de 35 anos de pesquisa, o Museu do Homem Americano é um ótimo lugar para contextualizar a Serra da Capivara e sua importância para a história. No final da tarde, retorno à pousada e jantar.

Dia 6 – 03/05/2019 | Cel. José Dias – Serra da Capivara (C/A/J)

Após o café da manhã, novamente na Serra Talhada, visita ao Boqueirão do Pedro Rodrigues, caminho por um cânion com pinturas rupestres características, e no alto das rochas uma vista panorâmica da região. A seguir, visita ao recém-inaugurado Museu da Natureza, mais um espetacular museu criado junto ao Parque Nacional da Serra da Capivara. Idealizado pela arqueóloga Niède Guidon, o Museu nos proporcionará uma rica imersão na história da região, abordando desde o surgimento da vida até as mudanças climáticas que o nordeste brasileiro testemunhou ao longo do tempo. Com recursos tecnológicos de ponta e muita interatividade desbravaremos exemplares, materiais e virtuais, de preguiças gigantes, ursos e outros animais da megafauna, uma impressionante experiência sensorial que nos fará retornar milhares de anos atrás. Parada para almoço no restaurante do museu, onde também os alimentos apresentam um pouco da história. Na parte da tarde, visitaremos outra região e certamente um dos cartões postais da Serra da Capivara, a Pedra Furada. De lá seguiremos para o “Boqueirão da Pedra Furada”, o sítio arqueológico mais antigo das Américas. Nele há vestígios que demonstram que o espaço foi usado como abrigo cerca de 50.000 anos atrás. Um lugar especial e que encerrará a nossa viagem à Serra da Capivara.

Dia 7 – 04/05/2019 | Cel. José Dias – Petrolina – São Paulo (C/-/-)

Após o café da manhã, traslado para Petrolina e embarque em voo com destino de volta a São Paulo.

Fotos do destino