Segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h30 +55 (11) 3040-3000 Atendimento emergencial +55 (11) 3040-3003
Segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h30 +55 (11) 3040-3000 Atendimento emergencial +55 (11) 3040-3003

Guia Michelin: os melhores restaurantes do Rio de Janeiro e de São Paulo

Tanto moradores como visitantes das capitais do Rio de Janeiro e de São Paulo podem aproveitar inúmeras opções de restaurantes brasileiros estrelados. Os estabelecimentos destacados pelo Guia Michellin reúnem o melhor da gastronomia internacional e nacional em pratos autênticos e ambientes elegantes. 

O Guia Michelin começou a classificar restaurantes com estrelas em 1926. Portanto, trata-se de um guia conceituado e de tradição. A hierarquia de classificação vai de zero a três estrelas e os restaurantes premiados têm seu devido destaque na qualidade e reputação, com valores condizentes ao que é oferecido.

Quer saber quais são os principais restaurantes que você precisa conhecer em suas próximas viagens para essas cidades? Nós separamos as particularidades de cada um deles abaixo. Confira!

Melhores restaurantes duas estrelas do Rio de Janeiro e de São Paulo

Ryo Gastronomia, São Paulo

$$$$

Este restaurante de comida japonesa garante uma experiência exclusiva na cozinha. O local apresenta um conceito superlativo de gastronomia japonesa e tem uma estética minimalista, com a madeira servindo para conectar os visitantes à natureza. Há dois pequenos jardins zen e um balcão para oito clientes.

Comandada pelo chef Edson Yamashita, a cozinha tem produtos de excelente qualidade e as técnicas utilizadas são impressionantes. O intuito é ressaltar as texturas e sabores. As especialidades são: sashimi de toro, sorvete de mel de Jataí e polvo a vácuo grelhado a carvão com creme de ervilha e azeite de pimenta de cheiro. Clique aqui para saber mais.

Oro, Rio de Janeiro

$$$$

Este local conta com a gastronomia espetacular do chef Felipe Bronze e a curadoria da sommelière Cecilia Aldaz. Lá você encontra a sinergia entre as raízes brasileiras e a gastronomia de vanguarda, com opções de harmonização. Isso significa uma homenagem às diversas regiões do Brasil. 

Entre as especialidades, destacam-se: ostra, torresmo e caipirinha; costela de porco e cerveja preta e baroa; mamão verde e queijadinha. Clique aqui para mais informações.

D.O.M., São Paulo

$$$$

A alta gastronomia de Alex Atala é o ponto alto deste restaurante, que reescreve pratos com ingredientes inovadores. O famoso chef encara a cozinha brasileira como “um sonho viável”, ou seja, contemporâneo e comprometido com as nossas raízes culinárias. Seus cardápios de degustação usam ingredientes nativos – Tucupi, Palmito Pupunha, Jambu, entre outros. Além disso, há opções vegetarianas e os pratos são elaborados a partir da gastronomia amazônica e indígena de antes da chegada dos portugueses ao país. 

As principais delícias oferecidas são: salada de cogumelos yanomami; cupim, mandioquinha e toffee de baunilha do Cerrado; e mochi de tapioca e rapadura com sorvete de erva-mate. Clique aqui para conhecer os detalhes do estabelecimento. 

Oteque, Rio de Janeiro

$$$$

Com um menu autoral, que utiliza ingredientes regionais e vinhos de maneira criativa, este restaurante carioca tem arquitetura e decoração rústicas e modernas. Há uma sala com tetos bem altos num ambiente informal, com aspecto industrial e sofisticado. 

O chef Alberto Landgraf é o responsável por proporcionar sensações culinárias incríveis, a partir dos melhores peixes e mariscos da região. Suas elaborações são delicadas e harmoniosas, incluindo pratos como: batata baroa, leite de castanha do Pará, vinagrete de cogumelos e trufas brancas; pargo na brasa com coco, palmito pupunha e leite de coco; e sorvete de castanha crua. Para outras informações, clique aqui.

Melhores restaurantes uma estrela do Rio de Janeiro e de São Paulo

Huto, São Paulo

$$$$

Apesar de ser um lugar pequeno, este restaurante tem qualidade extrema e uma direção atenciosa. No estilo de menus Omakase (termo que significa “deixar-se aconselhar”), você não vai se arrepender ao seguir as sugestões da casa. Vários pratos são oferecidos e é você quem determina as quantidades servidas. Lichia recheada com foie gras, flor de ovos e mango com sorvete de lichia são as principais especialidades. 

Kinoshita, São Paulo

$$$$

O primeiro a apostar na cozinha Kappo, o Kinoshita proporciona aos brasileiros a gastronomia japonesa mais pura possível. A vertente Washoku é encontrada lá, usando produtos de temporada apresentados de forma impecável e com uma harmonização perfeita dos ingredientes.

Nigiris, sashimis, temakis, yaimons e outras delícias são oferecidas com elegância e finas texturas. Entre os pratos mais recomendados, estão: mexilhão confitado em gordura de Wagyu e redução de Jerez; atum Bluefin, pó de algas e yuzu crème fraîche; e entremet de chocolates e castanhas. Clique aqui e saiba mais. 

Evvai, São Paulo

$$$$

Neste local, você encontra área de espera, uma sala principal cheia de elegância e uma proposta italiana com duas vertentes – pratos a la carte mais convencionais e menus degustação marcados pela inovação. O chef é o Luiz Filipe Souza e uma das maiores recomendações é o menu Oriundi, que possui nove etapas e mescla a cozinha italiana moderna e a gastronomia brasileira atual. 

Não deixe de experimentar estes pratos: polenta Taragna; ciambella de pato; e pistachio, pipoca e maçã. Clique aqui para descobrir as delícias de lá. 

Jun Sakamoto, São Paulo

$$$$

A marca de Leonardo Jun Sakamoto está presente neste restaurante, onde são encontrados alguns dos melhores nigiris da cidade. Os pratos podem ser saboreados enquanto você senta no balcão de sushi, o que permite a observação do chef fazendo sua arte, junto de Ryuzo Nishimura, seu braço direito. 

Além de comer uma sequência de sushis deliciosa, é possível experimentar tartare de atum na geleia de shoyu e terminar com sorvete de maçã com gelatina de saquê doce. Essas são apenas algumas das delícias de lá. Saiba mais clicando aqui.

Picchi, São Paulo

$$$

Rodeado por lojas de grife e galerias de arte, este restaurante italiano anexo ao Hotel Regent Park tem um ambiente clássico, mas muito atual. O chef Pier Paolo Picchi utiliza suas memórias de infância para criar uma cozinha transalpina, com sabores bem definidos e o uso de ingredientes bem brasileiros. 

Além do Pici (massa artesanal típica da Toscana), servida com molho de linguiça calabresa, feijão branco e peperoncino, o local oferece como especialidades o agnolotti de coelho à caçadora, com azeitonas e mangerona. Para finalizar, que tal um tiramisù Picchi? Conheça os detalhes do lugar clicando aqui

Kan Suke, São Paulo

$$$$

Sushi toro, pargo com cogumelos e pudim de leite. Essas são as especialidades deste estabelecimento japonês, situado em uma galeria comercial. Os sushis são os grandes destaques, pois seu preparo é magistral, equilibrando sabores de atum, enguia, sardinha, ouriço-do-mar e muitos outros.

O local oferece seu menu degustação para poucas pessoas no balcão, incluindo receitas frias ou frias e quentes. Além da experiência de apreciar os pratos do mestre japonês Keisuke Egashira com calma no balcão, é possível ficar no piso superior, onde há tatames.

Lasai, Rio de Janeiro

$$$$

Representante da vanguarda da gastronomia brasileira, este local fica em uma casa declarada patrimônio histórico. Critérios de sazonalidade e proximidade marcam o local, que trabalha com pequenos produtores, que criam os frangos usados e cultivam sua própria horta orgânica. 

Seu nome vem da palavra “tranquilo” em euskera. As maiores indicações são: abóbora, pinhão, sementes, brócolis e mel; costelinha de porco, cenouras coloridas, cebolas e caldo meloso; e milho, manga e limão. Descubra tudo sobre o Lasai aqui

Cipriani, Rio de Janeiro

$$$$

Localizado dentro do icônico Copacabana Palace, seus destaques são pratos de frutos do mar e drinques. O chef Nello Cassese proporciona uma cozinha italiana-internacional com técnicas e apresentações atualizadas. A base dos pratos vem de produtos do país transalpino, que se misturam com a nossa matéria-prima. 

De dentro da sala de jantar, é possível ver a famosa piscina do hotel, e reservar a “mesa do chef”, que garante uma experiência única, permitindo que até seis pessoas experimentem os pratos na cozinha. As delícias mais recomendadas são: carpaccio de Wagyu, cebolas, pinoli e molho de trufa; pato, laranja e feijão branco; e bavaroise de pistache, castanha de caju pralinada e caramelo salgado. Clique aqui para mais informações. 

Mee, Rio de Janeiro

$$$$

Este lugar oferece o melhor da cozinha pan-asiática de fusão com traços da culinária da Tailândia, do Vietnã, da Coreia do Sul, do Japão e de outros países próximos. Há um balcão de sushi e cardápios variados, inclusive um que brinca com as palavras. 

Algumas das principais especialidades são: talharim de arroz com camarões, ovos, tofu e amendoim; e mousse de chocolate, crocante de gergelim preto, geleia de laranja e esponja de matcha. Saiba mais clicando aqui

Maní, São Paulo

$$$$

Esta casa tem uma decoração contemporânea que usa tons off-white e diferentes materiais de construção. Os pratos têm sabores memoráveis e texturas fantásticas, reforçando as delícias brasileiras. Ceviche de caju com raspadinha de cajuína e cachaça é um dos destaques, junto da moqueca de Maní. Clique aqui para outras informações. 

Caso você esteja interessado em conhecer esses restaurantes, é só começar sua viagem para Rio de Janeiro ou São Paulo (ou os dois!). Fale com a CiaTUR para se programar. 

Leave a Reply